Sabem que podem fazer comentários neste blogue?

Sabem? Pois... é verdade, podem...

sdomingosderana@sapo.pt

terça-feira, junho 13, 2006

NOVA SECÇÃO - MÁXIMAS E MÍNIMAS DO "BARÃO DE ITARARÉ"

Esta secção é para ir ali p'ró lado (para não ocupar muito espaço...) e para ter actualizações tri-semanais (+/-), quando o Zé Carlos me ensinar como é que isso se faz...
Para já, ficam com esta máxima e com um resumo biográfico do animal.

A forca, é o mais desagradável instrumento de corda!!!

Devo esta sugestão ao meu amigo Francisco Charneca, artista plástico e ex-camarada de armas que anda lá pelos brasís. Um abraço Chico.
Apparício Torelly, (o "Barão de Itararé), que também usou o pseudónimo de "Apporelly", era gaúcho de Rio Grande, nascido em 29/01/1895. Estudou medicina, sem chegar a terminar o curso, e já era conhecido quando foi para o Rio fazer parte do jornal O Globo, e depois de A Manhã, de Mário Rodrigues, um temido e desabusado panfletário. Logo depois lançou um jornal autónomo, com o nome de "A Manha". Teve tanto sucesso que o seu jornal sobreviveu ao que parodiava. Editou, também, o "Almanhaque — o Almanaque d'A Manha". Faleceu no Rio de Janeiro em 27/11/71. O "herói de dois séculos", como se intitulava, é um dos maiores nomes do humorismo brasileiro.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home